Alugue e venda mais na crise

Alugue e venda mais na crise

 

Você reparou como as vendas e locações têm andado muito ruim nos últimos tempos?
Essa crise não esquece de ninguém, e com o mercado imobiliário não seria diferente.

Apesar de ter sofrido uma queda um pouco menor do que outros índices econômicos, as locações já acumulam uma queda de 5% nos últimos 12 meses e as vendas acumulam uma queda ainda maior.

Para as imobiliárias e corretores de imóveis, esta é uma estatística lamentável, que impactou diretamente no número e qualidade dos negócios realizados desde o início de 2015.

Então, como superar esses problemas?

O principal ingrediente para enfrentar uma crise é a criatividade. Você deve ouvir falar a todo momento sobre a criatividade para driblar a crise, mas acaba por não ver nada prático.

Assim, resolvi trazer para você 4 passos que você deve seguir para aumentar seus índices de locações e vendas.

1. Escolha imóveis em boas condições. O mercado está cheio de imóveis disponíveis, mas grande parte deles são quase inabitáveis! Os proprietários querem alugar, mas não querem investir nem 1 centavo no imóvel. Uma pintura que seja, já dá outros ares para quem vai visitá-lo. Manutenções preventivas são mais baratas do que as corretivas. Portanto, antes de colocar uma oferta disponível, verifique se os encanamentos estão em ordem, assim como as instações elétricas, pintura, vidros, azulejos e piso. Esses dois últimos não precisam estar perfeitos, mas devem estar em boas condições de uso. A aplicação de um sinteco, por exemplo, valoriza o bem e causa uma excelente impressão ao pretendente da locação, pois é o primeiro item visto no imóvel. Use estes argumentos para convencer o proprietário a realizar uma manutenção no imóvel. O mesmo vale para as ofertas de venda.

2. Verifique possíveis melhorias nas partes comuns do prédio. Cobre junto à administradora do condomínio para que realize as manutenções pendentes nos corredores, elevadores, escadas, portaria, garagem, etc. Essa é uma despesa que também causará uma boa primeira impressão ao pretendente a locatário, além de custar bem menos ao proprietário, pois será rateada entre os demais condôminos. E, se o condomínio tiver dinheiro em caixa, pode ser que essa manutenção saia sem nenhum custo extra para o proprietário.

3. Retirar um desconto é mais fácil do que aumentar o valor. Se um imóvel estiver muito difícil de alugar e as providências anteriores já tiverem sido tomadas, negocie com o locador a oferta de um desconto temporário para o inquilino por alguns meses. Isso fará com que seja mais fácil fechar o negócio, e como o prazo do contrato geralmente é médio ou longo, o valor poderá ser recuperado com o tempo. Além disso, se você simplesmente fechar o contrato em um valor mais baixo, depois de um tempo ficará mais difícil retornar o valor do aluguel para o valor real de mercado. Nesta situação sugerida, você simplesmente voltará a cobrar o valor normal, sem o desconto,após alguns meses. E, caso a situação do país ainda não esteja do jeito ideal, você ainda tem a possibilidade de negociar um novo desconto, de menor valor, por mais algum tempo. Isso deixará o locatário feliz e o locador já estará recebendo o dinheiro do aluguelhá algum tempo, ainda que seja menos do que ele espera. E, claro, você já estará recebendo a sua comissão.

4. Invista em publicidade para os imóveis em melhor estado e melhor localização. Ao invés de anunciá-lo junto com os demais imóveis da carteira, embaraçados em classificados de jornais ou misturados a todas as outras ofertas do seu site, que podem estar cheias de problemas ou simplesmente saturadas entre os possíveis interessados (pelo excesso de exibição), crie um site exclusivo para este imóvel, contando uma história, exibindo muito mais fotos e dando destaque REAL para a oferta, tornando-a especial entre todos os demais da sua carteira.
A CesarWeb Soluções, fornece uma metodologia para criar sites exclusivos para imóveis especiais que aliam o baixo investimento e altíssimo retorno.

Um site moderno, objetivo, compatível com tablets e smartphones, além de ser otimizado para o Google.
Quer um desses para algum de seus imóveis? Entre em contato para obter mais detalhes.

Espero que essas dicas sejam úteis para o seu dia a dia como corretor de vendas e locações, aumentando a rentabilidade e a rotatividade da sua carteira de imóveis.

Estou à disposição para ajudá-lo no que for necessário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *